Igreja

SER IGREJA E IR AO MCDONALD’S


...assim como ir à igreja não faz de você um cristão! Fim. Poderíamos parar o post aqui, mas vamos falar um pouco mais.


“Ir à igreja não faz de você um cristão, como ir ao McDonald’s não faz de você um hamburguer”. Essa frase foi escrita pelo músico e cristão, Keith Green, se não o conhece, recomendo que procure por suas músicas, são ótimas!

Estamos acostumados a chamar de igreja as comunidades onde as pessoas são batizadas, casam, local onde se vai no Natal e na Páscoa também. Ah, também há quem ache que igreja é onde pessoas se reúnem para o culto ou missa e muitas vezes vai somente por costume, pois os pais ou avós sempre disseram que “domingo é dia de ir à igreja”, mas nunca pararam para pensar no porque fazem isso. Vamos lá, você que está lendo, sabe porque você vai à Igreja? E sabe o que é ser igreja?


O Apóstolo Paulo, em sua carta à Éfeso, declara que os cristãos devem ser como um corpo e quero aqui parar para analisar algo com você. Olhe para você mesmo no espelho, o que você vê? Coloque as mãos sob sua sobrancelha esquerda, como você acha que seria seu rosto sem ela? Quando você olha, você acha que tem algum membro fora do lugar? Se você machuca o dedinho do pé é apenas ele que dói? Quando você come algo que gosta muito, somente sua língua que agradece? Quando Paulo, em Efésios 4, fala que os/as discípulos/as de Cristo deveriam ser como um corpo, ele nos mostra que cada um/a tem um papel indispensável na obra de Cristo e que ser Igreja não é um local, mas sim um movimento. Ou seja, ser igreja é ser parte do plano de Deus para salvar a humanidade e reconciliá-los com Ele.


Voltando à frase do Keith Green, se ir à Igreja não te torna cristão/ã, o que te tornará cristão/ã? Ser cristão/ã é se parecer com Cristo, é ser discípulo/a, seguir e compartilhar as boas novas de grande alegria, logo, se tornar membro do corpo de Cristo e ser parte do plano de Deus. Ao nos reunirmos como Igreja, temos a oportunidade de compartilhar nossa fé, nossos desafios, orarmos uns pelos outros e juntos, sermos edificados/as pela Palavra e agradecer a Deus por tudo o que Ele tem feito em nós e através de nós.


“assim já não sou eu quem vive, mas Cristo é quem vive em mim. E esta vida que vivo agora, eu a vivo pela fé no filho de Deus, que me amou e se deu a si mesmo por mim.” Gálatas 2.20. Se Cristo vive em você, as pessoas conseguirão ver em suas atitudes os traços da graça, do amor, da compaixão e da bondade que vêm Dele, logo, poderão ser parte do mesmo corpo chamado: Igreja.


Posts recentes

Ver tudo