Posso ficar no seu lugar?

"Eles atravessaram o mar e foram para a região dos gerasenos. Quando Jesus desembarcou, um homem com um espírito imundo veio dos sepulcros ao seu encontro. Esse homem vivia nos sepulcros, e ninguém conseguia prendê-lo, nem mesmo com correntes; pois muitas vezes lhe haviam sido acorrentados pés e mãos, mas ele arrebentara as correntes e quebrara os ferros de seus pés. Ninguém era suficientemente forte para dominá-lo. Noite e dia ele andava gritando e cortando-se com pedras entre os sepulcros e nas colinas. Quando ele viu Jesus de longe, correu e prostrou-se diante dele, e gritou em alta voz: "Que queres comigo, Jesus, Filho do Deus Altíssimo? Rogo-te por Deus que não me atormentes! " Pois Jesus lhe tinha dito: "Saia deste homem, espírito imundo! "

Então Jesus lhe perguntou: "Qual é o seu nome? " "Meu nome é Legião", respondeu ele, "porque somos muitos". E implorava a Jesus, com insistência, que não os mandasse sair daquela região. Uma grande manada de porcos estava pastando numa colina próxima. Os demônios imploraram a Jesus: "Manda-nos para os porcos, para que entremos neles". Ele lhes deu permissão, e os espíritos imundos saíram e entraram nos porcos. A manada de cerca de dois mil porcos atirou-se precipício abaixo, em direção ao mar, e nele se afogou. Os que cuidavam dos porcos fugiram e contaram esses fatos na cidade e nos campos, e o povo foi ver o que havia acontecido. Quando se aproximaram de Jesus, viram ali o homem que fora possesso da legião de demônios, assentado, vestido e em perfeito juízo; e ficaram com medo. Os que o tinham visto contaram ao povo o que acontecera ao endemoninhado, e falaram também sobre os porcos.

Então o povo começou a suplicar a Jesus que saísse do território deles. Quando Jesus estava entrando no barco, o homem que estivera endemoninhado suplicava-lhe que o deixasse ir com ele. Jesus não o permitiu, mas disse: "Vá para casa, para a sua família e anuncie-lhes quanto o Senhor fez por você e como teve misericórdia de você". Então, aquele homem se foi e começou a anunciar em Decápolis quanto Jesus tinha feito por ele. Todos ficavam admirados." Marcos 5:1-20


            Nesta historia muitas pessoas pensam: Não acredito que eles trocaram a presença de Jesus por causa de porcos. Mas já parou pra pensar que isso foi necessário?

       Jesus estava passando por cidades e fazendo grandes milagres. Chegando no território gadareno, se depara com um jovem que vivia em túmulos e possuído por uma legião de demônios que estavam acabando com sua vida. Creio que Jesus pensa: "Vou libertar esse jovem e, mais do que isso, sua vida será para a glória de Deus." Mas para isso, Jesus estava disposto a pagar o preço. Expulsou os demônios, colocou-os na fonte de renda do povo e foi expulso da cidade. Isso seria o fim da linha para proclamar o evangelho na cidade? Não! Jesus trocou de lugar com aquele jovem e ele foi quem proclamou o evangelho na cidade, de modo que muitos se admiravam. Mas essa não foi a unica vez em que Jesus fez isso. Lembremos a passagem do tanque de Betesda:



"Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres.

Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água. Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse. E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo. E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são? O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim. Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda. Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado. Então os judeus disseram àquele que tinha sido curado: É sábado, não te é lícito levar o leito. Ele respondeu-lhes: Aquele que me curou, ele próprio disse: Toma o teu leito, e anda. Perguntaram-lhe, pois: Quem é o homem que te disse: Toma o teu leito, e anda? E o que fora curado não sabia quem era; porque Jesus se havia retirado, em razão de naquele lugar haver grande multidão. Depois Jesus encontrou-o no templo, e disse-lhe: Eis que já estás são; não peques mais, para que não te suceda alguma coisa pior. E aquele homem foi, e anunciou aos judeus que Jesus era o que o curara. E por esta causa os judeus perseguiram a Jesus, e procuravam matá-lo, porque fazia estas coisas no sábado." João 5:2-16




         Mais uma vez Jesus preferiu ser rejeitado pela sociedade para que outra pessoa fosse novamente incluída em nome do evangelho. Isso é lindo! E ambas anunciaram o nome de Jesus onde moravam. Assim como o sacrifício da cruz foi necessário para que fossemos salvos, Jesus também abriu mão de ser incluído em sociedades para que outros rejeitados fossem aceitos e proclamassem a glória de Deus. É como se ele dissesse: "Ei, vai la que eu serei rejeitado aqui no seu lugar. Entra na cidade onde rejeitaram você e mostra ao povo o que Deus fez. Eu recebo as criticas e as pedradas no seu lugar."

Que possamos ter a mesma empatia que Cristo teve com essas pessoas e ajuda-las a chegar mais perto de Deus, para que possa ser proclamado sua glória.

Fiquem na paz de Cristo!

Inscreva-se para receber nossas notícias

Queremos manter o contato com você.

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca ícone do YouTube
  • Flickr - Círculo Branco

Associação da Igreja Metodista | CNPJ 33.749.946/0001-04​ |  Avenida Piassanguaba, 3031, Bairro Planalto Paulista, CEP 04060004
 

© 2020 by AgênciaMaltaMissão jovem metodista.